kalevala

Kalevala: descubra os encantos dessa coleção.

A epopeia finlandesa Kalevala, com seus cantos e poemas, serviu de inspiração para músicos criarem suas canções, artistas pintarem suas obras e para nós desenharmos uma bela coleção repleta de história.

 

História do Kalevala

A princípio, em 1800, Elias Lönrot reunia pela primeira vez os contos, cantos, poemas e feitiços, desse modo originando a Kalevala.
Os poemas folclóricos e contos mitológicos sobre deuses e deusas foram colecionados por ele ao longo do tempo.
Suas viagens para a Finlândia e Carélia foram com toda a certeza, de grande importância para reunir partes da obra.
Além de narrativas sobre Deuses, a Kalevala também conta episódios míticos como por exemplo a criação do mundo.
Por consequência, a obra foi um divisor de águas na cultura e no idioma finlandês, pois foi a responsável por presenteá-los com uma identidade cultural.

Por isso, comumente essas histórias são passadas de geração em geração.
O linguista e seus amigos não pararam de colecionar os poemas folclóricos, e um tempo depois já tinham um novo material para trabalhar.
Logo após, em 1849, Elias lançou a segunda versão do Kalevala.
Além disso é conhecida como a epopeia nacional finlandesa, posto que é a versão mais lida.

Personagens

Kalevala significa “terra dos descendentes em Kaleva”, sendo essa uma região imaginária localizada na Finlândia.
Vãinämöinen, Llmattar, Lemminkäinen, Louhi e Llmarinen são os personagens principais da produção de Lönrot.
Vãinämöinen é um velho e sábio Deus, detentor de uma forte e mágica voz, além de ser o principal personagem da epopeia.
Llmattar é a progenitora de Vãinämöinen, considerada como a “Virgem do Ar”, foi ela quem liderou a criação do mundo.
Geralmente representado como um jovem belo de cabelos ondulados e ruivos, Lemminkäinen é um herói calmo e apaixonado.

Ele e Vãinämöinen estão em busca de um mesmo objetivo, o coração da Donzela de Pohjola.
Louhi é mãe da donzela, e também a maléfica rainha de Pohjola que cruza o caminho de Lemminkäinen e Vãinämöinen.
Também pretendente da mão da donzela, Llmarinen é um Deus ferreiro, incumbido de produzir aço e a abóbada celeste.
Em virtude desses personagens que os mitos da obra ganharam vida e se eternizaram na sabedoria finlandesa.

Posteriormente a criação de Elias Lönrot inspirou outras maneiras de se fazer arte.
O compositor Jeans Sibelius, por exemplo, escreveu diversas sinfonias e músicas com base nos personagens e contos.
Já o artista Akseli Gallén-Kallela pintou quadros, também influenciado pelos contos.

 

A coleção

Além dos dois grandes artistas, a produção literária orientou os traços, a escolha dos materiais e design da coleção alcunhada com o mesmo nome.
Essa atmosfera mágica é representada na mini coleção cápsula através das suas linhas, formas e brilho.
O traçado limpo e as formas geométricas transferem um aspecto clean para as peças.
Já os carrés Swarovski e strass levam um brilho delicado, mas ao mesmo tempo marcante à família de Inverno 2019 Estela Geromini.

 

Veja também –  Valquírias: A valentia das deusas de Asgar.

Post criado 60

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo